domingo, 31 de julho de 2011

Lembranças de São João


Dedicarei esse texto a minha mana que alegra meu cantinho com suas visitas silenciosas e que também faz parte desta história. Minha mana mais velha que foi meu exemplo a seguir na infância e que a fez muito mais colorida. É para você Sol...


Com o prazo excedendo (afinal hoje é o último dia do mês de julho e não faz sentido falar sobre festa junina em agosto) e muitas lembranças na memória para contar, resolvi finalmente falar sobre o São João para nós das bandas de cá.
Se perguntarmos a uma criança qual sua festa preferida, com certeza ela responderá sem exitar duas delas, o São João e o Natal; e conosco não era diferente.
Lembro-me do meu pai cortando a lenha para fazer a fogueira Caueira com toras grossas para que fizesse muita brasa e assim assássemos milho no espeto como os americanos fazem com o marshmellow. 
Minha mãe e minha tia passavam o dia 22 e o 23 ralando milho e coco para preparar as deliciosas iguarias: canjica, mungunzá, arroz doce, bolo de milho e aipim, batida de frutas, milho cozido e ainda tinha o pé de moleque comprado na feira feito com mandioca.
À tarde no dia 23 nos vestíamos com as fantasias de caipira com direito a tranças e pintinhas na bochecha, depois junto com a meninada da vizinhança dávamos inicio as brincadeiras que seguiam até o amanhecer. Para brincar as brincadeiras de São João não precisa ter idade, apesar de ter uma certa periculosidade, pois, já dizia minha vó; quem brinca com fogo corre o risco de sair queimado. Mas graças a Deus nunca houve nenhum acidente com nenhum dos nossos.
Nesse dia a festa não era só nossa ou só do vizinho, era de todos formando uma grande família que corria e pulava, dançava ao som do pé de serra e arrastava o pé a noite toda (dois para lá e dois para cá).
Apesar das noites frias de inverno, não sobrava tempo para a apatia, todo mundo entrava na folia e não via a noite passar.
São tantas as lembranças que dariam um livro, mas como tudo no mundo muda, eu também mudei. Não temos mais nosso pai para fazer a fogueira e por isso temos que comprá-la todos os anos agora, não vivemos  mais perto das tias e agora somos todos adultos. Hoje a alegria está em preparar a festa para os pequeninos, preparar as comidas típicas e dançar forró da terra (forró pé de serra) para aquecer a noite junto com o vinho.

Nossos novos caipiras.




5 comentários:

  1. LINDO POST COMO SEMPRE...
    Minha adorável amiga:
    Sua presença é um presente para o mundo.
    Você é único e só há um igual a você.
    Sua vida pode ser o que quiser que ela seja.
    Viva os dias, apenas um de cada vez.
    Conte suas bençãos, não seus problemas.
    Você os superará venha o que vier.
    Dentro de você há muitas respostas.
    Compreenda, tenha coragem, seja forte.
    Não coloque limites em si mesmo.
    Muitos sonhos estão esperando para serem realizados.
    As decisões são muito importantes para serem deixada ao acaso.
    Alcance seu máximo, seu melhor e seu prêmio.
    Nada consome mais energia do que a preocupação.
    Quanto mais tempo se carrega um problema, mais pesado ele fica.
    Não leve as coisas tão a sério.
    Viva uma vida de serenidade, não de arrependimentos.
    Lembre-se de que um pouco de amor dura muito.
    Lembre-se muito disso: "dura para sempre".
    Lembre-se que a amizade é um investimento sábio.
    Os tesouros da vida são todas as pessoas.
    Perceba que nunca é tarde demais.
    Faça coisas simples e de forma simples.
    Tenha saúde, esperança e felicidade.
    Encontre tempo para fazer pedidos a uma estrela.
    E nunca jamais esqueça,por se quer um dia
    O quanto você é especial !!!
    E sempre se lembre Sorria !!!

    BEIJOS CARINHOSOS DA GIZA

    ResponderExcluir
  2. que coisa mais linda!!!!
    Passando para te visitar e desejar uma linda semana.
    beijos
    http://amorimortall.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. Adoro visitar seu magnifico cantinho sempre e ler suas ótimas postagens.
    Te desejo um lindo fim de semana de muita diversão e descanso!!!
    Beijos da Giza

    ResponderExcluir
  4. Obrigada por todos os recados carinhosos Giza, aceite minhas desculpas sinceras. Estou sem tempo depois que retornei as aulas da faculdade e por isso não havia feito meu agradecimento. Mas sempre que posso, dou uma passadinha em seu canto maravilhoso. Adoro seu blog e suas matérias também. Obrigada e Idem.

    ResponderExcluir
  5. Adorei saber um cadim do São João tipico de vcs, nossa, deu agua na boca essas iguarias, acho que nunca tive nada parecido por aqui (só me lembro de duas ocasiões boas de verdade em q vivi um bom S. João, ambas na escola, com quadrilha e apresentações p os pais, adorava as "prendas", o chapéu de palha (ahhhh, ninguém acreditava que fossem de verdade as minhas trancinhas! ahahah), o vestidinho feito especialmente praquela ocasião...)bons tempos não? Eu só não tenho 'pequenos' p poder passar adianta a tradição, por isso acho maginifico o S. João de vcs!

    Um beijo!!

    ResponderExcluir