terça-feira, 12 de julho de 2011

Liberdade


Olhava com um prazer infindável as labaredas rubras exalando o cheiro acre de cera queimando. Não o perdoaria nunca por ter te roubado a vida exatamente quando mais a prezara, agora estava pagando com a dele. Um trio de lodo fétido desceu por cada órbita até manchar o pescoço pálido. Não podia evitar sofrer, o amava, apesar de tudo. Contraditoriamente, também o odiava com todas as suas forças.
Levantou trôpega e começou a valsar pelo ambiente, como naquele dia fatídico, onde o sonho se transformou em pesadelo. Era sua festa tão sonhada, estava debutando, e Augustus era seu príncipe encantado. Estavam felizes, havia vozes e risos alegres, a música suave ao fundo, farfalhar de saias rodadas de todos os tecidos e cores, não conseguia parar de sorrir, o tempo não parecia passar. Mas no fim todos se foram e por um breve momento ficara só, breve o suficiente para perder a alma por toda a eternidade.
Ainda que se passassem cem anos, lembraria daquele dia como se fosse agora, a respiração gélida e arrepiante na nuca, as mãos suaves pressionando sua testa e imobilizando seu corpo, a dor aguda na jugular, e o rio da vida a correr manchando seu vestido branco como a neve.
Quanto mais lembrava, mais doía, mais chorava e valsava.
Parou diante da fogueira e caiu de joelhos, os gritos de apelo entre as chamas ecoavam em sua cabeça apesar do silêncio reinante.
Estava livre. Mas livre de quê se continuava presa aquele destino fatídico? Se não havia mais vida, mais sonhos, mais Augustus? 
Levantou decidida, tirou as sandálias e de braços abertos abraçou as chamas.

4 comentários:

  1. DEIXO-TE UMA MENSAGEM ESPECIAL PARA UMA PESSOA ESPECIAL:
    Distâncias não existem quando a temos junto a nós
    Ultrapassa mil fronteiras, seu poder? Transcendental
    É o som de quem não ouve e do silencioso, ela é a voz
    É o consolo dos aflitos, luz da escuridão, infinita e imortal

    É divina criação, com ela se tem para sempre um irmão
    União de várias vidas. Tem por lema a lealdade
    Semente plantada com amor no fundo do coração
    Essa é a verdadeira descrição da mais perfeita amizade


    “O que é um amigo? É uma única alma habitando dois corpos”
    (Aristóteles)
    BEIJOS ESTALADOS DA GIZA!!!!

    ResponderExcluir
  2. Obrigada GIZA por lembrar sempre de mim e pelo carinho também.

    ResponderExcluir
  3. Suas palavras deslizam como uma valsa lenta e compassada...
    Lindo seu conto!

    ResponderExcluir
  4. imagian amiga!!!!
    eu simplesmente amei!!!
    Beijos
    http://amorimortall.blogspot.com/

    ResponderExcluir